(+351) 93 144 04 73

Setup Menus in Admin Panel

Patologias

Podemos afirmar que os tratamentos no Instituto de Medicina Natural – BioSymbiosis têm solução para 99% das patologias, desde:

Doenças do Sistema Circulatório

Doenças do sistema circulatório estão ligadas a todo o mecanismo do coração envolvendo veias, artérias, alguns órgãos que são responsáveis por: filtrar, bombear, oxigenar e distribuir o sangue para todo o corpo.
A maioria tem um longo tratamento com remédios, mudanças no estilo de vida, reeducação alimentar e até mesmo por cirurgias. Muitas delas são de origem hereditárias, outras a pessoa já nasce com algum tipo de anomalia no sistema e algumas por bactérias como por exemplo o caso da doença de chagas.
Na maioria dos casos, essas doenças podem ser prevenidos tendo uma boa alimentação, cuidados com a higiene, praticando exercícios ou seja tendo uma vida mais saudável

Doenças do Sistema Respiratório

As principais formas de contaminação de doenças respiratórias ocorrem pelo ar, por isso quando há bactérias e vírus presentes no ar, praticamente é impossível evitá-las.
Por ser tratar de um sistema importante e ao mesmo tempo delicado, existem doenças que atacam o sistema respiratório, sejam elas infecciosas ou alérgicas. Pessoas com problemas respiratórios acabam tendo um déficit de oxigenação nas células, aumentando a quantidade de radicais livres, uma das grandes causas do envelhecimento celular. Para combater os radicais livres, a medicina ortomolecular defende a produção dos antioxidantes, que ajudam a proteger o corpo.

Doenças do trato digestivo

Devido a sensibilidade de todos os componentes do sistema digestivo, a falta de cuidados e aos maus hábitos dos seres humanos, muitas doenças e distúrbios podem acometer essa importante categoria corporal.

Doenças do Sistema Reprodutor

É fundamental que se façam exames periódicos para avaliar o  estado de saúde, prevenir as doenças do sistema reprodutor e procurar aconselhamento sempre que se sinta desconfortável na sua vida sexual e reprodutiva.

Doenças da mente

Os estados psíquicos adversos, como stress, depressão, ansiedade, raiva, etc., favorecem o desenvolvimento de doenças orgânicas como úlceras do estômago e duodeno, colite, inflamações dos músculos (miosite), doenças da pele (dermatites), diabetes e até câncer. Estima-se que cerca de 50 % das doenças da humanidade tenham algo a ver, directa ou indirectamente, com as disfunções psicológicas.

Doenças do Fígado e Metabólicas

O fígado é o órgão responsável pela maior parte das reacções metabólicas, sendo que qualquer problema que ocorra neste é de grande preocupação.
Este órgão, é o segundo maior do nosso corpo e desempenha inúmeras funções, tanto na digestão e utilização dos nutrientes, como na remoção de substâncias prejudiciais e na boa regulação da nossa coagulação.
Segundo a MTC, este órgão, rege e controla algumas das nossas emoções: stress, frustração, raiva, ressentimento etc….

Doenças Auto-imunes

As doenças auto-imunes são um grupo de doenças distintas que têm como origem o fato do sistema imunológico passar a produzir anticorpos contra componentes do nosso próprio organismo. Por motivos variados e nem sempre esclarecidos, o nosso corpo começa a confundir suas próprias proteínas com agentes invasores, passando a atacá-las.

Portanto, uma doença auto-imune é uma doença causada pelo nosso sistema imunológico, que passa a funcionar de forma inapropriada.

A gravidade de uma doença auto-imune depende dos órgãos afectados.

Dores

A dor é um mecanismo de defesa do organismo. Ela avisa que algo não vai bem no corpo. Algumas dores são apenas reflexos, distensões musculares e passam rapidamente, outras podem denunciar uma infecção ou inflamação e servem como guia para o terapeuta diagnosticar e tratar o problema. Grande parte das dores desaparece sem necessidade de tratamento devido à acção de substâncias analgésicas naturais do corpo.

Porém existem dores que podem ser sintomas de doenças graves.

Dor de cabeça

Geralmente a dor comum é inócua começa leve e vai aumentando progressivamente.

Porém há outros tipos de dor que requerem tratamento urgente , dor repentina, aguda e que se torna intensa em segundos. Pode ser um rompimento de artéria no cérebro ou aneurisma cerebral.

Dor na nuca com pressão e desconforto no pescoço e falta de ar, pode ser pressão alta (hipertensão).

Dor de cabeça acompanhada de febre, náusea, vómito em jacto e rigidez no pescoço, pode ser meningite.

Dor progressiva: Aumenta com o tempo. Pode indicar tumores ou abscessos dentro do crânio.

Dor de garganta

Pode indicar uma infecção viral ou bacteriana. Além disso, a dor de garganta persistente pode indicar outo tipo de patologia mais grave.

Dor no peito

Dor no peito pode ser sintoma de infarto. Se a dor irradia para os braços, pescoço e costas o atendimento deve ser de emergência. Dor no peito sem irradiação pode ser sintoma de doença grave.

Dor abdominal

A maioria dos órgãos aloja-se no abdómen nesse caso é necessário saber a localização da dor. Saber onde ela se inicia e se há irradiação. Pode ser apenas gases, mas fique atento se:

A dor começa do lado direito e se irradia para as costas e ombros: Pode ser a vesícula. Dor nessa região exige atendimento de urgência.

Dor intensa que começa em um dos lados e irradia para a bexiga, acompanhada de náuseas e vómitos. Pode ser cólica renal.

Cólicas fora do período menstrual e dor intensa durante o período (dismenorreia) com prostração, vómitos e palidez. Pode ser endometriose.

Dor aguda em volta do umbigo movendo-se para a direita e para baixo: pode ser apendicite.

Dores nas costas

Pode ser má postura, stress ou outras causas de menor gravidade. Estima-se que 70% das pessoas melhoram em até duas semanas mudando a postura e relaxando.

Dores intensas e localizadas podem indicar problemas.

Dor forte nas costas que não passa, acompanhada ou não de falta de ar.

Dor acompanhada de dormência, fraqueza, formigamento, perda de movimentos, alterações de hábitos urinários e intestinais.

Dores nas pernas

Descartados cansaço, stress muscular e varizes, os motivos podem ser diversos. Desde artrose , hipotireoidismo, ciática , diabetes e outros.

Sentir dor intensa e contínua nas pernas sem ter feito esforço físico ou sofrido quedas e traumas.

Dor acompanhada de formigamento e cansaço.

Dor e fraqueza nos joelhos ao subir ou descer escadas.

Pele avermelhada e com sensação de queimação.

Perda da sensibilidade e sensação de choque eléctrico ao longo das pernas.

Dificuldade para andar.

Dor durante o ato sexual

Acomete principalmente as mulheres e pode ser sintoma de um leque de problemas de saúde desde doenças vaginais provocadas por bactérias ou fungos, patologias vulvares e doenças cervicais, como mioma, endometriose e tumores, tanto benignos quanto malignos.

Dores no corpo

As infecções virais como gripes, podem provocar dores no corpo. Depressão, stress, cansaço extremo, lesões de esforço, má postura e sedentarismo também.

Podem ser acompanhadas de febre, manchas no corpo ou lesões de pele.

Dor generalizada acompanhada de dor de cabeça, problemas urinários e intestinais e transtornos do sono. Pode ser fibromialgia ou SFC-Síndrome da fadiga crónica.

Somente o especialista, pode diagnosticar correctamente a dor e sua causa. É importante além de informar a dor, informar também quando ela ocorre, sua duração, intensidade, se queima ou formiga, se irradia ou se é localizada. Essas informações contribuem para um melhor diagnóstico e cura.

Dores nos pés

Se não for por cansaço, sapatos apertados ou inadequados, saltos altos e outras causas comuns como envelhecimento e sobrepeso, a dor nos pés também pode indicar sérios problemas de saúde. Dor ao sair do repouso e começar a andar. Pode ser tendinite (inflamação dos tendões), fascite plantar ou esporão.

Dor, inchaço e pouca mobilidade nas articulações com dor e vermelhidão.

Dedo grande do pé vermelho, inchado e sensível, pode ser gota se não houve lesão no dedo ou na unha.

Dor aguda no calcanhar sem poder apoiar-se.

Dor, formigamento, insensibilidade, inchaço ou qualquer outro problema se for diabético.

Dor ao urinar

Caso sinta dor após urinar com queimação e espasmos da uretra, procure um médico. A cistite ou infecção urinária é facilmente tratável, mas pode ser perigosa se não for tratada.

Contactos

Rua Dr. Carlos Cal Brandão 32,
4050-160 Porto
41.157267, -8.623629

(+351) 226 093 810
(+351) 931 440 473
geral@instituto-medicina-natural.pt

2ª a 6ª Feira
10h às 13h e 14h às 18h

Facebook

top
© Biosymbiosis 2017. All rights reserved. Webdesign by Indian Rose
X